terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Pessoal, Este ano teremos bons eventos pelo Brasil a fora.
#ficaadica
O ano de 2014 foi marcado por diversas festas cervejeiras, comprovando que existe um público muito fiel e a fim de atravessar cidades, montar roteiros, em busca do fermentado de malte, água, lúpulo e leveduras.
Em 2015, a coisa não ficou diferente. Diversos eventos cervejeiros acontecem em todo Brasil, reunindo rótulos nacionais e importados. As feiras e festas são boas oportunidades de consumir boa cerveja, aprimorar seus conhecimentos na área, além de conhecer pessoas do universo cervejeiro.
Para você não ficar de fora, reuni uma lista com os principais eventos cervejeiros no Brasil em 2015. Agende os de sua preferência, providencie passagens e cheers!

8/1 A 13/2 – SOMMERFEST BLUMENAU – SC



A versão de verão da Oktoberfest acontece no Parque da Vila Germânica, em Blumenau. Uma festa típica alemã e, quem for de trajes típicos paga meia-entrada. Entre as cervejarias presentes, Brahma, Bierland, Wunder Bier e Das Bier, estão presentes.

28/2 – DAMA BIER FEST – PIRACICABA – SP



O evento celebra o aniversário da cervejaria de Piracicaba. Além de todos os rótulos da Dama, o público conhece em primeira mão o lançamento comemorativo de 5 anos. Outros rótulos de cervejarias artesanais brasileiras estão convidadas para o evento. Evento open bar.

11 A 14/3 – FESTIVAL BRASILEIRO DE CERVEJA


Considerado o maior encontro do setor do país, o evento celebra o mercado de cerveja artesanal, com degustações, palestras e workshops, shows de música, gastronomia entre outros. Mais de 600 rótulos, entre nacionais e importados, são esperados para o evento.

28/3 – 3º ENCONTRO DE CERVEJAS ARTESANAIS EM SÃO PAULO – SP



Em sua terceira edição, o encontro é formado por produtores do estado de São Paulo e apresenta as melhores cervejas paulistanas. Com esquema open bar, você pode degustar cervejas como a Gordelícia da Cervejaria Urbana, e a Cafuza, da Cervejaria Serra de Três Pontas.
Além disso, o evento conta com palestras com profissionais do ramo e gastronomia preparadas por especialistas em cerveja, para harmonizar com a bebida.

28/3 – A PINT WITH THE QUEEN – SP


Dos mesmos criadores do IPA Day Brasil, a A Pint With The Queen celebra as cervejas da terra da rainha, com foco nas Ales. Com foco na Escola Cervejeira Inglesa, stouts, porters, IPAs, ESBs, Brown Ales, Imperial Stouts e outras tantas. O festival conta com preço único e é open bar.

15 A 18/7 – DEGUSTA BEER – SP


O evento surgiu em 2009, paralelo à Brasil Brau, mas causou tanta procura e interesse que acabou transformado em uma feira particular. O evento acontece no Centro de Convenções Imigrantes e conta com degustações, workshops gratuitos e palestras. Só em 2014, 60 expositores participaram e mais de 300 rótulos estiveram presentes. Paulaner, Invicta, Jupiter, Baden Baden, Colorado, Bodebrown, Coruja e Eisenbahn são algumas cervejarias que estarão presentes.

AGOSTO – IPA DAY 2014 – RIBEIRÃO PRETO – SP


Para os apaixonados pelo Lúpulo, este é o evento mais esperado no ano. O festival conta somente com cervejas do estilo IPA, nacionais e importadas, além de comidas que harmonizam. Durante o evento, bandas de rock animam o festival open bar.

7 A 25/10 OKTOBERFEST DE BLUMENAU – SC


Realizado desde 1984, a Oktoberfest em Blumenau (Santa Catarina) é a maior festa alemã no Brasil. Durante um dos eventos cervejeiros mais esperado do ano, cerveja nacionais e importadas, gastronomia típica, tradicionais desfiles, música e interação são alguns dos motivos para ir com sua galera para lá.

OUTUBRO – FESTIVAL CERVEJEIRO DE CAMPINAS – SP


Ainda sem nome e data fechada, o evento foi idealizado por Norberto Mette e Cristina Miranda. Mette é um dos criadores do Festival Brasileiro de Cerveja (Blumenau), o maior e mais importante evento do setor.

NOVEMBRO – SLOW BREW BRASIL


A cidade que virou um dos pólos cervejeiros recebe também o Slow Brew Brasil. Na edição de 2014, foram 25 cervejarias nacionais que estiveram presentes no evento. A edição anterior contou com dois dias. No primeiro dia, degustação a vontade de vários rótulos, junto com petiscos que também serão servidos no local. Já no segundo dia, palestras, worshops e concurso das Melhores Cervejas e das Melhores Homebrew aconteceram no local.

19 A 22/11 – MONDIAL DE LA BIÈRE – RJ


Em sua terceira edição confirmada no Brasil, o Mondial de La Bière veio mesmo para ficar. O maior festival de cervejas do mundo reuniu 25.800 pessoas ao longo dos quatro dias em 2014, no Terreirão do Samba, com 32 mil litros de cerveja consumidos. Além de mais de 600 rótulos de cervejas especiais para degustação, palestras, workshops e talk-shops, e gastronomia compõem o festival.

6/12 FESTA DE 10 ANOS DA CERVEJARIA BAMBERG – SOROCABA/SP




A premiada cervejaria artesanal completa 10 anos em 2015. Para celebrar, a Bamberg promoverá sua tradicional festa de uma maneira ainda mais especial. Aos visitantes, pode esperar rótulos como Sepultura Weizen, Raimundos Helles, O Calibre (Paralamas do Sucesso), Camila Camila (Nenhum de Nós), entre outros rótulos de bandas. Em 2014, a festa contou com show da banda Raimundos, costela de chão e cerveja Bamberg. Atenção, pois os convites são limitados.
Conhece outro evento cervejeiro que acontece no Brasil? Indique pra gente e ajude a deixar esta lista ainda mais completa.


fonte: http://manualdohomemmoderno.com.br/cerveja/principais-eventos-cervejeiros-brasil-em-2015

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Nova Cozinha - Parte 01

Boas Pessoal,

Vou dar inicio no meu projeto da nova cozinha.
Já tenho o rascunho do projeto.



A  ideia é chegar no projeto abaixo;



Dicas, criticas e sugestões serão bem vindas.

T+

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Dicas de um Bi-Campeão



Saudações amigos.

Como primeiro post do ano, gostaria de compartilhar algumas dicas muito valiosas que obtive em um bate papo com Alexandre Xerxenevsky, conhecido na cena cervejeira com X, e assim como eu ele também é sócio da ACerva Paulista e é nada mais nada menos do que Bi-Campeão dos concursos internos da ACerva.

Suas criações foram eleitas as melhores dentre as inscritas e como parte da premiação, elas foram produzidas por cervejarias profissionais. Em suas palavras ele passa dicas para serem aplicadas em cada processo da produção, dicas estas que visão otimizar a qualidade da cerveja produzida. 

As dicas que veremos aqui, com certeza estão em vários sites sobre o cerveja artesanal, mas nunca foram encontradas juntas em um mesmo post, tal como um tutorial da boa produção de cerveja. 

Agradeço ao amigo X e lhe atribuo todos os créditos pelas dicas abaixo.

Espero que vocês façam bom uso e boas cervejas.

Comentários, complementos e novas dicas são bem vindas.

Dicas e Teorias no Hot Side
  • Controle da Mostura (Mash) 

- Estas temperaturas servem tanto para ALES quanto LAGERS

 Principais Paradas (Rampas)

 - Parada para ácido ferúlico que é feita a 43–45°C por 10 minutos.
   Essa parada gera um composto chamado 4-vinyl-guaiacol que durante a fermentação será               metabolizado pelo fermento (somente cepas para Weiss) gerando o aroma de cravo (fenol).
 – Descanso proteico (50-52°C)
 – Beta Amilase (62-68°C)
 – Alfa Amilase (70-72°C)
 – Mash-out (75-78°C)

  • Cuide de seu Mosto 

  Aquecimento do mosto lento e constante, não mais que 1°C por minuto

 Evitar o HSA (Hot Side Aeration)

 A delicadeza das Lagers requer mais cuidados – evite o Splash, use boas técnicas
 – Lagers irão evidenciars sabores mais ásperos e velhos devido ao HSA

 Use mangueiras
 – Se possível encha a panela de baixo para cima, esta técnica evita a aeração do mosto, para as LAGERS é um ponto importante.

  • Fervura 

 Fervura deve ser vigorosa
 – Importante para a estabilidade do sabor
 - O tempo do lupulo exposto a temperatura da fervura vai isomerizar os alfa acidos. entao 2 horas de exposição vai resultar em uma IBU (amargor) maior que 1 hora. Então preste atenção na receita. se la diz 1 hora e meia de fervura e adição do lupulo de amargor a 1 hora do fim e vc alterar para 1 hora e meia, a cerveja saira mais amarga.

 Remove o DMS (vegetal cozido)

 Remove outros compostos voláteis

 Precipitação de proteínas

 Regra geral
 – 90 minutos para Lagers Claras
 – 120 minutos para Lagers Escuras

 Ales Claras ou Escuras
 - 60 a 90 minutos
 - 90 minutos quando usando malte pilsen como base

  • Resfriamento 

  Resfrie o mosto rapidamente
 – 45 minutos ou menos

 Minimiza a reformação do DMS
 – Resfriamento rápido reduz a potencial contaminação


  • Dicas e Teorias no Cold Side

 Resfrie de 2 a 3°C abaixo da temperatura de fermentação
 – Deixe o fermento se aclimatar com a temperatura de fermentação

 Promove uma formação limpa de esteres
 Promove a característica de Lagers e Ales

  • Fermento 

 Inocular bastante fermento
 – melhor a mais do que faltar
 – Mínimo 1 milhão de células por ml por grau Plato
 – 20 milhões de células por ml é o ideal

 Utilize somente fermento ativo, saudável e feliz
 – Starter recomendado
 – Ou múltiplos pacotes (Em geral 3 vezes mais)

  • Fermentação Lager

  Regra geral: 10 dias a 10°C
 – Fermentação forte 2-4 dias
 – Após 2/3 suba 2°C
 – Manter até que a atividade reduza e suba 3°C para o descanso Diacetil
 – Mínimo 10 dias acima de 10°C
 – Resfrie lentamente 2°C por dia até 5°C
 – Transfira ou remova o fermento e então abaixe para 0°C
  • Lager: Mantenha resfriado 

 Armazene na temperatura mais baixa que você consiga (sem congelar a cerveja!)
 -2 a 1°C se você conseguir

 Mínimo 2 semanas, porém preferível mais tempo (4 semanas)

 Regra geral são 30 dias no mínimo da brassagem ao copo.



sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Livros gratuitos que pode ajudar a quem está querendo automatizar o processo de produção.

1. What's a Microcontroller?

Andy Lindsay

The book answers the question "What's a Microcontroller?" by showing students how they can design their own customized, intelligent inventions using the BASIC Stamp.

2. Computer Arithmetic of Geometrical Figures

Solomon Khmelnik

The book is designed for using the computer arithmetic of geometrical figures in research and development in the field of specialized processors. It covers both the affine transformations and the figures coding theory.

3. PaulOS: An 8051 Real-Time Operating System

Paul P. Debono

This book covers mainly the 8051 family of micro-controllers starting with the basic architecture and then moves on to assembly language and Real-Time Operating System (RTOS) where three main types of self-developed RTOSs are discussed.

Part-2

4. VLSI Design ©2012

Esteban Tlelo-Cuautle and Sheldon X.-D. Tan

This book provides some recent advances in design nanometer VLSI chips, ranging from design tools, new post-silicon devices, GPU-based parallel computing, emerging 3D integration, and antenna design.

5. Designing Analog Chips

Hans Camenzind

A comprehensive introduction to CMOS and bipolar analog IC design. The book presumes no prior knowledge of linear design, making it comprehensible to engineers with a non-analog background.

6. Application-Specific Integrated Circuits

Michael J. Smith

This comprehensive book on application-specific integrated circuits (ASICs) describes the latest methods in VLSI-systems design.

7. Automating Manufacturing Systems with PLCs

Hugh Jack

An in depth examination of manufacturing control systems using structured design methods. Topics include ladder logic and other IEC 61131 standards, wiring, communication, analog IO, structured programming, and communications.

8. Digital Design with RTL Design, VHDL, and Verilog

Frank Vahid

Offering a modern, updated approach to digital design, this much-needed book reviews basic design fundamentals before diving into specific details of design optimization.

9. Very-Large-Scale Integration (VLSI)

Zhongfeng Wang

This book is intended to cover a wide range of VLSI design topics by providing a historical perspective as well as design methodologies of VLSI systems.

10. Guide to the Assembly Language of ATMEL-AVR-Microprocessors

This book features a step-by-step approach in covering Assembly language programming of Atmel AVR microcontrollers.

11. PIC Microcontrollers - Programming in C

Milan Verle

This book has provided a step-by-step guide to programming these microcontrollers (MCUs) with the C programming language.

12. PIC Microcontrollers - Programming in BASIC

Milan Verle

This book will help you learn more about programming PIC microcontrollers in BASIC with practical, common-sense instructions, real projects, etc.

13. Programming dsPIC Microcontroller in PASCAL

Zoran Milivojevic

The book provides numerous practical examples with necessary connection schematics explaining the operation of temperature sensors, A/D and D/A converters, LCD and LED displays, relays, communication modules etc.

14. Computer Aids For VLSI Design

Steven M. Rubin

This textbook broadly examines the software required to design electronic circuitry, including integrated circuits.

15. Algorithms and Data Structures in VLSI Design

This book presents broad and in-depth coverage of the entire field of modern VLSI Design with ordered binary decision diagrams (OBDDs).

16. Understanding Electronics Components

Filipovic D. Miomir

This book is meant for those people who want to create electronic devices with their own hands. All components are illustrated and the circuit-symbol is explained in detail.

17. Introduction to PLC controllers

Nebojsa Matic

This basic guide will take you from the very basic concepts, to put PLC code together, all the way up to briefly explore the steps to a successful project! No previous PLC coding experience is needed to begin exploring this fascinating technological world!

18. Arduino Programming Notebook

Brian W. Evans

This book is a beginner's reference to the programming syntax of the Arduino microcontroller.

19. Architecture and Programming of 8051 Microcontroller

Learn in a quick and easy way to program 8051 microcontroller using many practical examples we have provided for you.

20. PIC Microcontrollers ©2008

Milan Verle

Numerous illustrations and practical examples along with detailed description of the PIC16F887 will make you enjoy your work with the PIC microcontrollers.

21. Flexible Circuit Technology, Third Edition

Joseph Fjelstad

This book was written to provide a bridge of understanding by offering a clearly defined set of steps which take the reader from basic concepts of flexible circuits to a more detailed review of the various technology and materials.

22. Op Amp Applications Handbook

Walt Jung

This book is a complete and up-to-date op amp reference for electronics engineers from the most famous op amp guru, supported by Analog Devices marketing efforts.

23. The Data Conversion Handbook

Walt Kester

The Data Conversion Handbook is written for design engineers who routinely use data converters and related circuitry.

24. Designing Computers and Digital Systems

C. Gordon Bell

This is a classic book from the days that computers were designed using pdp 16 registers. It is authored by some very famous figures of computer history - Gordon Bell, John Grason, and Allen Newell.


segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Novidades à vista !!!

Olá amigos cervejeiros.

Em primeiro lugar gostaria de agradecer pelas visitas ao blog mesmo estando ele tão desatualizado.
Duranre este período de ausência dos posts eu andei dando uma organizada na casa.
Agora o QG da Nectar Sagrado fica em Mauá,  estou terminando de montar meu brewstand 3 tier com panelas de 50L.
Vou postar aqui as fotos dele e do processo de montagem.
Também estou com varios temas preparados para serem postados aqui no blog.
A ideia é ter um post técnico por semana, onde abordaremos as diversas etapas da produção de cerveja caseira.
Outro projeto que tenho são vídeos turoriais dos processos, o primeiro será sobre Starter, incluindo como construir seu próprio Stir Plate.

Até mais.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Sou finalista no III Concurso Interno - Acerva Paulista

Olá amigos.

É com muito orgulho que venho informar a todos que fiquei em 4º lugar no III Concurso Interno da Acerva Paulista.
Eu participei com a minha Dona Benê (Strong Scotch Ale).

Finalistas:
- João Belentani - Dobrada - Blonde Ale (6B)
- Sidnei Cerqueira - São Caetano do Sul - Strong Scotch Ale
3º Lugar - Júlio César Schincariol - Paulínia - Northern English Brown Ale
2º Lugar - Júlio César Schincariol - Paulínia - Brown Porter
1º Lugar - Júlio César Schincariol - Paulínia - German Hefe Weizen

Estou muito feliz e quis compartilhar esta noticia com vocês.
Esta colocação neste concurso demonstra que os meus esforços em aprimorar as minhas técnicas de brassagem estão no caminho certo.
Se alguém quiser provar a Dona Benê, tenho umas 30 garrafas delas aqui em casa.

Eis aqui a bela...






domingo, 14 de abril de 2013

Upgrade no equipamento

Pessoal,

Iniciei hoje o upgrade do meu equipamento.
Vou montar uma cozinha nova com panelas de 50L.
Para isso vou usar barris de chopp de 50L para fazer as panelas.
O bom de usar estes barris é que os mesmos são feitos de aço inox 304.
Na próxima quarta feira devo estar recebendo meu chiller de 30 placas que uma amiga está trazendo da Austrália e em maio meu cunhado vai me trazer uma March Pump 809.


 


Um abraço aos amigos cervejeiros.